Wednesday, June 15, 2022

Por Que Uma Criana Nasce Com Autismo

Don't Miss

Os Pontos Fortes Das Crianas No Tea

O que nos pediria uma criança com autismo?

O que se sabe, por enquanto, é que intervenções psicológicas precoces ajudam, em boa parte dos casos, as crianças no TEA a se desenvolverem e a melhorarem suas habilidades sociais, embora ainda persista a dúvida de por que algumas crianças respondem tão bem a intervenções comportamentais , e outras, nem tanto.

Nelson explica que, em cerca de 10% dos casos nos EUA, crianças que são diagnosticadas em seus primeiros anos de vida e por isso recebem acompanhamento desde cedo acabam saindo do espectro autista.

Ao mesmo tempo, diz o médico, “muitas pessoas dizem que focamos demais nos deficits e não tanto nas fortalezas” das pessoas no espectro autista.

Um dos casos recentes que mais chamam a atenção é o da jovem ativista climática sueca Greta Thunberg, diagnosticada com a síndrome de Asperger e que demonstrou grande habilidade em galvanizar o público em torno de sua causa.

“Os interesses restritos podem se tornar seu ponto forte”, diz Nelson. “Essas pessoas às vezes têm habilidades excepcionais e memórias incríveis. As que são boas com números podem se tornar matemáticas brilhantes, por exemplo.”

Uma possibilidade, diz ele, é voltar as atenções para intervenções que estimulem esses pontos fortes algo que ainda não é feito nem estudado em grande escala com crianças do espectro autista.

As mais lidas agora

Transtornos Invasivos Do Desenvolvimento

As pessoas que atendem alguns dos critérios de transtorno autista ou síndrome de Asperger, mas não todos, podem ser diagnosticadas com transtorno do desenvolvimento invasivo.

As pessoas com esse tipo de transtorno geralmente têm sintomas menores e mais leves do que aqueles com transtorno autista. Os sintomas podem causar apenas desafios sociais e de comunicação.

Atualmente o Transtorno do Espectro Autista é dividido em graus e sua gravidade:

NÃO PARE AGORA… TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE )

NÃO PARE AGORA… TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE )

Saiba Como Identificar Autismo Em Bebs Observando 6 Sinais

O Transtorno do Espectro Autista é definido como o conjunto de oscilações no neurodesenvolvimento que geram dificuldades na comunicação social e no comportamento da pessoa afetada. Juntamente com isso, esse transtorno é percebido durante a infância, e dependendo da observação dos pais, é diagnosticado de forma tardia. Desse modo, a salz Clínica separou os principais sinais de autismo em bebês para os pais ficarem atentos. Continue a leitura!

Read Also: Asd Adhd Comorbidity

Com Mais De 2 Milhes De Indivduos De 5 Pases Diferentes Estudo Refora A Importncia De Exames Genticos Especializados Para Autistas

Um estudo publicado pelo JAMA Psychiatry no último dia 17 de julho confirmou que 97% a 99% dos casos de autismo têm causa genética, sendo 81% hereditário. O trabalho científico, com 2 milhões de indivíduos, de cinco países diferentes, sugere ainda que de 18% a 20% dos casos tem causa genética somática . E o restante, aproximadamente de 1% a 3%, devem ter causas ambientais, pela exposição de agentes intrauterinos como drogas, infecções, trauma durante a gestação.

O estudo valida as estimativas prévias feitas com gêmeos. Só iremos entender o autismo e ajudar os autistas através dos estudos genéticos, diz o neurocientista Alysson Muotri, cofundador da Tismoo e diretor do programa de células-tronco da Universidade da Califórnia em San Diego .

As descobertas confirmam os resultados de um grande estudo de 2017 com irmãos gêmeos e não gêmeos na Suécia, que sugeriu que cerca de 83% do risco de autismo é herdado. Um outro estudo, de 2010, também na Suécia e também em gêmeos, relatou que esses fatores contribuem para cerca de 80% do risco de autismo. Todos esses estudos são referenciados pela Tismoo, que desde sua fundação percebeu a importância da genética para o Transtorno do Espectro do Autismo .

As Causas Do Autismo So Genticas

Como posso perceber que a criança emite sinais de autismo?

Não há uma resposta definitiva para esta pergunta, mas já se sabe que a genética exerce um forte papel na etiologia do autismo. Como explicamos aqui, cada criança autista é única, do mesmo modo, as causas que levam a essa desordem neurológica também são únicas, podendo haver uma ou várias causas para o autismo.

Entretanto, a ciência já identificou entre 700 e 800 genes descritos como causadores de alguns quadros de autismo:

O que se acredita com mais força que seja causador do autismo é uma base genética, quer seja hereditária, em que os pais passaram para o filho, quer seja uma mutação nova, que aparece somente na criança. A complexidade é que existem centenas de genes, explica o psiquiatra Estevão Vadasz, criador do Programa Transtornos do Espectro Autista da Faculdade de Medicina da USP. ¹

Os estudos estão avançando e, provavelmente, daqui a poucos anos vamos conseguir descobrir um número maior de genes e mapear melhor esses indivíduos que têm autismo e talvez entender quais foram as causas de cada um, prevê Beltrão Braga. ¹

You May Like: Is Nonny From Bubble Guppies Autistic

Quais So As Teorias E As Pesquisas Sobre As Possveis Causas Do Autismo

  • Adriana Stock
  • Do Rio de Janeiro para a BBC Brasil

Possíveis causas do autismo intrigam cientistas do mundo inteiro

“Por quê? Foi uma coisa que eu fiz? Será que eu poderia ter evitado?” Essas perguntas passavam pela cabeça de Ana Maria Mello quando, há 39 anos, recebeu o diagnóstico de autismo do seu filho Guilherme.

“Comecei a lembrar de tudo o que tinha acontecido durante a gravidez. Era um bebê tão desejado. Queria saber a causa”, se recorda Ana, uma das fundadoras da Associação de Amigos do Autista, com sede em São Paulo. É um questionamento que, ainda hoje, milhares de mães e pais se fazem ao redor do mundo.

A ONU, que estabeleceu 2 de abril como Dia Mundial de Conscientização do Autismo, afirma haver cerca de 70 milhões de autistas no mundo – sendo mais comum em meninos do que meninas. No Brasil, não há estatísticas oficiais, mas se estima que 2 milhões de pessoas estejam no espectro autista.

Um projeto de lei circula na Câmara dos Deputados propondo a coleta obrigatória de dados sobre autismo nos censos demográficos a partir de 2018.

O que mais intriga cientistas do mundo inteiro, no entanto, é por que essa síndrome se desenvolve.

Fim do Talvez também te interesse

Crie Caixas Sensoriais Cheias De Itens Divertidos

É tão fácil ficar preso usando apenas arroz ou grãos. Para evitar uma grande bagunça, brinque em cima de uma cortina de chuveiro.

  • cascalho de aquário vem em cores incríveis
  • Grama de Páscoa
  • canudos cortados em pedaços Na verdade, deixe as crianças cortarem os canudos para desenvolver habilidades motoras finas
  • penas
  • sujeira e areia

You May Like: What Is The Life Expectancy Of People With Autism

Valorize Os Seus Sentimentos

É normal que venha o pensamento de que preciso ser forte para apoiar meu filho, meu cônjuge ou mesmo outros filhos, mas para isto é necessário primeiramente ser honesto acerca dos próprios sentimentos. Procure uma rede de apoio, que pode ser um terapeuta, um religioso, um amigo ou alguém da família. Lembre-se você não fez nada para que isto acontecesse, mas pode fazer muito para melhorar as perspectivas de vida de seu filho.5

Portanto, respeite seu tempo, sua dor, mas depois, permita-se descobrir as belezas deste novo universo, com seus desafios e suas conquistas. 5

Como Saber Se Meu Filho Autista 4 Coisas Que Os Pais Devem Aprender

Por que nascem crianças autistas?

Se você é pai, mãe ou passa parte do seu tempo cuidando de crianças, deve sentir uma preocupação diária em relação a temas que envolvem o desenvolvimento infantil. Um nascimento perfeitamente saudável é apenas o primeiro desafio vencido pelos pais.

Quando uma criança demonstra dificuldades de comunicação, essas preocupações aumentam, e naturalmente surge uma ansiedade sobre problemas invisíveis que podem acontecer, mesmo com toda observação e cuidado dedicados. Um dos mais comentados nos últimos anos é o Transtorno do Espectro Autista , ou simplesmente Autismo.

Nele, as crianças apresentam atraso ou não desenvolvem habilidades esperadas para a idade. Por isso, se você está se perguntando como saber se meu filho é autista?, nós vamos te dar várias dicas de sinais para ficar de olho.1,2,3

Índice

  • 4.3 É totalmente possível se comunicar com um autista
  • Don’t Miss: Is Stuttering A Sign Of Autism

    Entenda Que O Autismo Tem Graus

    Mas como saber qual é o grau do seu filho autista? Bem, após o diagnóstico, que raramente passa por apenas um médico psicólogos, neurologistas e fonoaudiólogos passam por esse processo diversos testes e análises devem encaixar a criança num dos três graus de Transtorno do Espectro Autista. Sendo o primeiro grau o mais leve, e o terceiro o mais comprometedor.

    Como A Bab Pode Ajudar No Desenvolvimento De Uma Criana Com Autismo

    Como o autismo influencia no desenvolvimento das crianças, a identificação precoce dele é fundamental para um tratamento mais efetivo.

    O tratamento do autismo tem como principal objetivo a estimulação da criança, para que ela se desenvolva da melhor forma possível dentro de suas limitações e deve levar em conta as necessidades de cada criança, porque como já dissemos anteriormente, cada criança com autismo é única.

    Entre as várias formas de tratamento estão as terapias: psicoterapia, fonoaudiologia, fisioterapia e terapia ocupacional, por exemplo. Porém, o tratamento não deve se limitar a isso. Todas as pessoas do círculo social da criança podem fazer sua parte ajudar no seu desenvolvimento e isso inclui a babá que irá cuidar dela. Aqui estão algumas coisas que a babá pode fazer para ajudar:

    1. Exercícios físicos

    Os exercícios físicos devem ser feitos em formato de brincadeiras, como pega-pega, “morto ou vivo” ou coreografias e são muito importantes para o desenvolvimento de habilidades sociais e motoras. Lembre-se de não impor uma única forma de brincar e sempre deixar espaço para a criança conduzir a atividade, o que faz com que ela desenvolva sua autonomia.

    2. Atividades sensoriais

    3. Atividades educacionais

    4. Interação com a criança

    Don’t Miss: Does Jerry Seinfeld Have Autism

    Por Que Crianas Autistas Se Autoagridem

    Por que crianças com autismo se autoagridem?

    Para crianças com autismo, bater a cabeça na parede ou no chão é uma maneira de se acalmar e tentar comunicar algum desconforto ou ansiedade. Bebês e crianças pequenas têm essas reações também quando querem sentir o mesmo que sentiam no útero da mãe. Diversos outros hábitos que indicam esse desejo incluem rodar a cabeça, balançar o corpo, morder e chupar o dedo.

    Esses comportamentos geralmente estão associados a:

    • Dor física
    • Problemas de processamento sensorial
    • Tentativa de se comunicar

    De acordo com o Dr. Harvey Karp, MD, estes hábitos produzem um reflexo calmante em bebês e crianças pequenas. Bebês com autismo podem começar a bater a cabeça por volta dos seis meses de idade bebês neurotípicos também fazem, mas param mais ou menos aos três anos de idade.

    Noha F. Minshawi, Ph.D. , Professora Assistente de Psicologia Clínica no Riley Hospital for Children, Riley, Kansas / EUA, diz que crianças com transtornos do espectro do autismo apresentam taxas elevadas de comportamentos auto agressivos.

    O que desencadeia o bater a cabeça?

    O bater a cabeça pode ser episódico e ser desencadeado por um determinado estímulo ou, pode parecer que começa do nada, de repente, sem motivo aparente.

    Monitorar a criança e anotar o que aconteceu momentos antes deste comportamento pode ajudar a identificar o gatilho, o estímulo que o desencadeou.

    Em criança com idade de dois anos e meio ou três anos de idade, é provável que esteja:

    Referências:

    Fale Sobre Autismo Com Quem No Entende Do Assunto

    Tudo o que você precisa saber sobre o autismo infantil ...

    A caminhada dentro do espectro pode ser ainda mais desafiante quando as pessoas com quem convivemos não entendem o autismo e as limitações que ele pode trazer. Por isso, não tenha receio de compartilhar com as pessoas como elas devem se comportar para apoiar os autistas e seus familiares. Para apoiar neste exercício a psicóloga Juliana Canavese contribui com a seguinte reflexão:

    Recalcular a rota quando se trata de dirigir uma vida nova, não é fácil. A chegada de um diagnóstico em meio a tantas outras variáveis deveria ser permeada de muito acolhimento, escuta e empatia. Fazer a travessia desse mar azul pode ser com apoio e disposição para compartilhar a experiência vivenciada pelas famílias que convivem com o TEA.

    Arrisco dizer que quem precisa de inclusão é toda uma sociedade que muitas vezes se depara com a dificuldade para se dirigir a uma criança autista, e que nem imagina como é o dia a dia das famílias que convivem com o autismo diariamente. A inclusão só é possível com informação e iniciativas que abram espaço para a diversidade do espectro acontecer em muitos níveis e da forma mais amorosa possível.

    Falar sobre seu dia a dia e dividir um pouco da sua história pode ser um exercício de desabafo e ao mesmo tempo uma ótima maneira de contribuir para a conscientização do autismo. Experimente compartilhar suas experiências e conte com o Autismo em Dia nessa jornada!

    Colaborou neste artigo:

    Psiquiatra especialista em TEA CRM 113405-SP

    Also Check: Autism Symbol

    O Autismo E Suas Caractersticas Mais Relevantes

    O autismo é uma condição neurobiológica do desenvolvimento humano que dependendo de seu grau de profundidade pode ser diagnosticado desde os 3 anos e perdurará ao longo da vida.

    Muitos pais percebem que seus filhos têm algum tipo de condição, dado que os bebês não sorriem nem fixam seu olhar em seus progenitores. Algumas crianças demoram a falar, inclusive, há alguns que nunca chegam a emitir mais do que algumas palavras e sons.

    Outras crianças demoram a caminhar e têm muita dificuldade em coordenar os movimentos, têm dificuldades em agarrar uma bola ou inclusive saltar, por isso a prática de esportes não é seu forte. É quando as suspeitas dos pais aumentam e vão ao médico para ver o que acontece com seus filhos.

    Caractersticas Do Autismo Em Crianas De 3 A 6 Anos

    • Compartilhar

    O autismo costuma ser diagnosticado entre os 2 ou 3 anos de idade, pois é durante este período que a criança começa a desenvolver uma maior interação com o mundo ao seu redor. Ainda assim, é necessário manter um olhar atento a algumas características do autismo que podem ter passado despercebidas durante os seus primeiros anos de vida.

    Então, quais são as características do autismo que podem estar presentes depois dos 3 anos de idade? Leia o artigo para saber mais!

    You May Like: Autism Visual Aids

    Autismo Em Beb: Como Identificar Os Primeiros Sinais

    Tempo de leitura: 9 minutos

    Quem tem filho sabe que a saúde da criança é uma verdadeira caixinha de surpresas. O maior desafio para os pais é saber lidar com algumas situações que surgem ao longo do crescimento dos pequenos. O autismo em bebê é uma delas. A doença, caso não seja diagnosticada e tratada como precisa, pode incapacitar a criança. A dúvida é como fazer isso ainda quando o filho é um recém-nascido.

    O apresentador brasileiro Marcos Mion tornou-se uma grande referência para pais de crianças autistas. Pai de Romeo, elefalou em uma entrevista que demorou um pouco para notar a doença do filho. Como a esposa de Mion teve algumas complicações no parto, ele disse que o atraso na fala e no andar da criança não parecia algo preocupante.

    Assim como Mion, diversos pais não conseguem fazer o diagnóstico precoce da doença. Com isso, as intervenções necessárias também vão ficando de lado. Contudo, com um pouco de atenção, os pais conseguem identificar sinais que podem iniciar as suspeitas de autismo. É o que o post vai contar.

    Se a sua criança não reage emocionalmente em determinadas situações, se ela não tenta falar, se a interação social é algo incomum, há riscos para o problema e você deve saber reconhecê-lo. Vamos descobrir então?

    Perfil De Uma Criana Autista

    Como lidar com crianças com autismo

    1. As reações da criança autista e seu ambiente e meio social. Fala-se que o autista é assim porque não recebeu afetividade quando era pequeno. Que teve pais distantes, frios e demasiadamente intelectuais.

    2. Deficiências e anormalidades cognitivas. Parece existir alguma base neurológica ainda que não esteja comprovada.

    3. Certos processos bioquímicos básicos. Foi encontrado um excesso de secreção de serotonina nas plaquetas dos autistas.

    Uma criança autista tem um olhar que não olha, mas que traspassa. No lactante, pode-se observar um balbuceio monótono do som, balbuceio tardio, e uma falta de contato com seu ambiente, assim como de uma linguagem gestual. Não segue a mãe e pode distrair-se com um objeto sem saber para que serve.

    Na etapa pré-escolar se mostra estranho, não fala. Custa-lhe assumir-se e identificar aos demais. Não mostra contato de forma alguma. Podem apresentar condutas agressivas inclusive consigo mesma. Outra característica do autismo é a tendência a realizar atividades de maneira repetitiva. A criança autista pode dar voltas como um pião, fazer movimentos rítmicos com seu corpo tal como agitar os braços.

    Os autistas com alto nível funcional podem repetir os comerciais de televisão ou realizar rituais complexos ao deitar-se para dormir. Na adolescência, fala-se que 1/3 dos autistas podem sofrer ataques epiléticos o qual se faz pensar em uma causa nervosa.

    You May Like: Is Level 2 Autism High Functioning

    Teste Online De Autismo

    Se desconfia de algum caso de autismo, confira o nosso teste, que pode ajudar a identificar os principais sinais e sintomas:

    • Sim
    • Não
    • Sim
    • Não
    • Sim
    • Não
    • Sim
    • Não
    • Sim
    • Não
    • Sim
    • Sim
    • Sim
    • Não
    • Sim
    • Não
    • Sim
    • Sim
    • Não
    • Sim
    • Não
    • Sim
    • Sim

    Este teste não serve como confirmação de diagnóstico, devendo ser interpretado como uma avaliação do risco de realmente ser autismo. Todos os casos devem ser avaliados por um médico.

    O Que Causa O Autismo

    Qualquer criança pode desenvolver o autismo, e suas causas ainda são desconhecidas, apesar de cada vez mais pesquisas estarem sendo desenvolvidas para se descobrir.

    Alguns estudos já conseguem apontar para prováveis fatores genéticos, que podem ser hereditários, mas também é possível que fatores do ambiente, como a infecção por certos vírus, consumo de tipos de alimentos ou contato com substâncias intoxicantes, como o chumbo e mercúrio, por exemplo, possam ter grande efeito no desenvolvimento da doença.

    Algumas das principais possíveis causas incluem:

    • Deficiência e anormalidade cognitiva de causa genética e hereditária, pois observou-se que alguns autistas apresentam cérebros maiores e mais pesados e que a conexão nervosa entre suas células era deficiente
    • Fatores ambientais, como o ambiente familiar, complicações durante a gravidez ou parto
    • Alterações bioquímicas do organismo caracterizadas pelo excesso de serotonina no sangue
    • Anormalidade cromossômica evidenciada pelo desaparecimento ou duplicação do cromossomo 16.

    Além disso, existem estudos que apontam para algumas vacinas ou para a reposição em excesso de ácido fólico durante a gravidez, entretanto ainda não há conclusões definitivas sobre estas possibilidades, e mais pesquisas ainda precisam ser feitas para esclarecer esta questão.

    Also Check: What Is The Life Expectancy Of People With Autism

    More articles

    Popular Articles